Você sabe o que é Cinomose? Conheça os riscos para seu Pet

Hoje vamos falar sobre Cinomose. A Cinomose canina é uma doença altamente contagiosa que afeta os cães. Ela é causada por um vírus da família Paramyxovirus, do gênero Morbilivírus. Cães que ainda não terminaram o ciclo de vacinação, quando filhotes ou que não receberam o reforço anual da vacina múltipla, podem ser acometidos por essa doença.


Na fase inicial da doença, os cães podem apresentar diarreia, vez que o sistema digestório é, na maioria das vezes, o primeiro a ser afetado. Com a evolução da doença, o sistema respiratório também fica comprometido e secreções amareladas e densas podem sair da região nasal e ocular do cão. Na fase mais avançada da Cinomose, o sistema nervoso central é afetado e o cão passa a ter o andar desorientado, além de apresentar tremores musculares que podem evoluir para crises de convulsões.


Dentre os possíveis sintomas que cães com Cinomose podem apresentar, os mais comuns são: perda de apetite, diarreia, vômitos, febre, secreções nasais e oculares, apatia, convulsões, paralisia e falta de coordenação motora. Caso seu pet apresente algum desses sintomas, é muito importante você consultar o veterinário para obter o diagnóstico correto através de exames de sangue.


Um cão infectado elimina o vírus pela urina, fezes e secreções nasais e oculares. Por isso, é importante evitar que seu pet tenha contato com outros cães durante o período em que estiver doente.


Uma das formas do cão contrair a doença é contato direto com urina, fezes e secreções de cães infectados. Além disso, casinha, cobertor e alimentos dos animais doentes também são fontes de infecção. Filhotes e cães idosos são mais suscetíveis às doenças contagiosas por terem o sistema imunológico menos resistente.


Não há medicamentos antivirais eficazes para combater diretamente a doença, no entanto, o tratamento consiste em tratar os sintomas causados por ela. Assim, serão receitados antibióticos, antieméticos, antitérmicos, soro e anticonvulsivante.

Quanto antes o tutor tiver o diagnóstico da Cinomose é melhor para evitar que seu cão tenha sequelas da doença. A vacinação é muito importante para prevenir a Cinomose. Por isso, vacine seu pet!

Redação do Notícias Pet


Você conhece o Meu Guia Pet? Todos os profissionais para seu Pet em um só lugar, acesse: www.meuguiapet.com



Receba nossas atualizações

© 2019 MeuGuiaPet LTDA